Bom trabalho, Expresso!

O jornal Expresso resolveu renovar a sua secção online, criando um jornal vespertino e, como é habitual, fizeram merda. O David Rodrigues escreveu sobre os aspectos técnicos.

No meu caso, em Agosto tinha criado um feed RSS porreiro, que permitia ler artigos de opinião em qualquer leitor de RSS. Como é óbvio, agora já não funcionam. Sim, é verdade que agora têm qualquer coisa RSS, que ainda permite ler o 1º parágrafo do artigo, mas, lê-lo completo sem abrir o browser, é impossível.

Se o objectivo da reformulação era perder leitores, bom trabalho, esse objectivo foi atingido! Se não era esse o objectivo… bom, fica para a próxima?

Posto isto, vou reformar os feeds RSS e passar a ler o Expresso ainda menos.

Vectrix

Li há uns dias, na revista do ACP, que a Vectrix tinha agora um representante em Portugal. Para quem não sabe, a Vectrix fabrica… motos(?), motociclos(?) (nunca sei o termo certo), eléctricos. O ano passado já tinha descoberto um stand, em Lisboa, que vendia umas scooters eléctricas made in China, com um preço muito simpático, mas que não estavam homologadas em Portugal e ficaram na lista “ver mais tarde”. Agora com esta noticia das Vectrix, o interesse voltou. O preço é bastante menos simpático (+-€10000) mas, segundo o artigo, basta ter uma carta de condução B e a manutenção é zero, por isso talvez valha a pena.

Vi cheat sheet

After the last cheat sheet, and since I’ve been using Vi, I searched for some Vi cheat sheets. Here’s what I found and my opinions on them:

Unix/Linux command cheat sheet

Unix/Linux command cheat sheet

Very handy indeed, especially for recent switchers. Click here or on the image to get it.

8^D

gpd_41557_37_0_4000.png

Eventually, I’ll compare it to my SE K600i.

1 image == 10000 bytes

Or around that.

Anyway, I hope that on the next trip, if there is one, the photos will have more quality, as I’m hoping to get my hands on a P990i. 😀

Notícias

  1. O FeedBurner é agora grátis. Vai dar jeito para o BB.
  2. O Centro de Investigação e Estudos de Sociologia tem disponível aqui um paper (WP nº 28/2007) com o título “O software livre e as empresas informáticas: Das tensões latentes às soluções híbridas”, de Inês Pereira, Filipa Seiceira, Catarina Egreja e Pedro Abrantes (obrigado pelo link, Vanda).