Bom trabalho, Expresso!

O jornal Expresso resolveu renovar a sua secção online, criando um jornal vespertino e, como é habitual, fizeram merda. O David Rodrigues escreveu sobre os aspectos técnicos.

No meu caso, em Agosto tinha criado um feed RSS porreiro, que permitia ler artigos de opinião em qualquer leitor de RSS. Como é óbvio, agora já não funcionam. Sim, é verdade que agora têm qualquer coisa RSS, que ainda permite ler o 1º parágrafo do artigo, mas, lê-lo completo sem abrir o browser, é impossível.

Se o objectivo da reformulação era perder leitores, bom trabalho, esse objectivo foi atingido! Se não era esse o objectivo… bom, fica para a próxima?

Posto isto, vou reformar os feeds RSS e passar a ler o Expresso ainda menos.

Vectrix

Li há uns dias, na revista do ACP, que a Vectrix tinha agora um representante em Portugal. Para quem não sabe, a Vectrix fabrica… motos(?), motociclos(?) (nunca sei o termo certo), eléctricos. O ano passado já tinha descoberto um stand, em Lisboa, que vendia umas scooters eléctricas made in China, com um preço muito simpático, mas que não estavam homologadas em Portugal e ficaram na lista “ver mais tarde”. Agora com esta noticia das Vectrix, o interesse voltou. O preço é bastante menos simpático (+-€10000) mas, segundo o artigo, basta ter uma carta de condução B e a manutenção é zero, por isso talvez valha a pena.

Turista culinário acidental

Quando se viaja em trabalho, muitas vezes não há tempo para se fazer turismo. No entanto, há pelo menos uma coisa que se tem obrigatoriamente que fazer: comer. Todos os países têm a sua gastronomia própria, mais ou menos saborosa, e que depende de vários factores – temporais, climáticos, culturais, etc. – e experimentar estas coisas também é turismo.

Não sei quando ou se vou continuar a saltar de país em país, mas sempre que o fizer, vou tentar mostrar aqui pelo menos uma receita tradicional do local onde estiver.

Assim, aqui fica o primeiro, “zapiekanka“, um snack fácil e rápido de fazer, da Polónia:

Link.

Ps: Existem várias páginas “sociais” (ou redes sociais, social networks, whatever) que permitem partilhas receitas. Esta que usei, Open Source Food, até nem é das mais potentes, mas é por isso mesmo que a escolhi, porque é simples e fácil de usar. Também estou inscrito em Group Recipes, RecipeThing e Snacksby. Cada uma tem as suas particularidades, mas vão todas dar ao mesmo e é, portanto, uma questão de gosto.

Histórias da vida real

Ouvido em escritório:

-qual o comando para formatar o texto?

– faz ctrl-B. Ctrl-B de Baca.

Nova campanha do Sporting Club de Portugal

Não tenho dúvidas: a nova campanha do Sporting é a melhor campanha portuguesa com base na web EVER!

Notícias

  1. O FeedBurner é agora grátis. Vai dar jeito para o BB.
  2. O Centro de Investigação e Estudos de Sociologia tem disponível aqui um paper (WP nº 28/2007) com o título “O software livre e as empresas informáticas: Das tensões latentes às soluções híbridas”, de Inês Pereira, Filipa Seiceira, Catarina Egreja e Pedro Abrantes (obrigado pelo link, Vanda).

Actualização no Jornal OJE

A página do jornal OJE mudou e, consequentemente, tive que actualizar as regras para captura do feed (para fazer a enclosure do .pdf). Quanto à actualização da página deles, não posso dizer que tenha sido para melhor… Aquele flash todo põe-me isto tudo lento.

Now available in Prt.Sc! (And with new extra minty flavour!)

It’s been some weeks now, but for those who haven’t noticed, this blog is now agregated in Prt.Sc (Print Screen). It’s a portuguese blogger network, so the description is in portuguese (doh!):

O Projecto PrintScreen é um portal que agrega o que de melhor se escreve em Portugal, guardando e mostrando as últimas novidades, opiniões e comentários sobre a actualidade nas áreas de ciência, tecnologia, marketing, publicidade e informação.

É a evolução natural do antigo Planeta Asterisco – pode ler aqui um artigo do Vitor Domingos sobre o assunto – , que entre Março 2005 e Junho 2007, mostrou o que 80 bloggers escreveram, impulsionando assim a comunidade que hoje existe e lidera o Prt.Sc. Foram 15.600 artigos publicados, 120.000 visitas e um enorme volume de informação transferida.

O Prt.Sc é também uma comunidade feita por quem está agregado, realizando assim a rede de blogs mais antiga em Portugal, sobre os temas agregados.

Não sei quê “bop”?

Há quem diga que o Blitzkrieg Bop está de volta. Eu não sei, porque não disse nada…

A montanha e Maomé, parte 2

Bem… afinal parece que não foi para a revista Programar que mandei o mail, mas sim para a Revista Linux… Bronco.

Assim, cá está também o feed com enclosures para última mencionada: http://feeds.feedburner.com/RevistaLinux.

O mais estúpido é que eles já têm o feed e tudo, bastando usar o FeedBurner para criar as enclosures.