A Arte da Fuga

Concorde-se ou não com o “A Arte da Fuga“, a banda sonora é sempre excelente.

Hoje fui ver o “Les Poupées russes” (“Bonecas Russ…

Hoje fui ver o “Les Poupées russes” (“Bonecas Russas”).

Se o primeiro (“A residencia espanhola“) era um retracto fiel do estudante universitário europeu, do fim do século XX e início de XXI, este é uma boa continuação. É mais pessoal, já que a personagem principal anda à procura de “algo”, mas não deixa de dizer qualquer coisa aos jovens adultos “encalhados”.

É claro que no “Baguete” já se falou disto há uns meses…

Agora que a minha amiga Lilian me trouxe três caix…

Agora que a minha amiga Lilian me trouxe três caixas de Altoids, só me falta arranjar tempo e paciência para fazer algo com elas. Qualquer coisa como isto, isto, ou até isto.

P.S.: Ou ainda isto ou isto (ver posts seguintes)…

Esta notícia não me espanta nada. Alguns dos meus …

Esta notícia não me espanta nada. Alguns dos meus melhores amigos já não estão em Portugal, e infelizmente, pelas razões indicadas.

Um deles, o que está fora há mais tempo, tentou recentemente voltar, e durante 6 meses trabalhou em algo extremamente especializado. Infelizmente, devido à deslocalização da sua morada habitual em Portugal, e falta de infraestruturas envolventes no local de trabalho, voltou para os E.U.A.. Foi uma pena, mas com certeza não terá sido o único caso.

Hoje vi, na TV, mais uma vez, Mário Soares e a sua…

Hoje vi, na TV, mais uma vez, Mário Soares e a sua nova protegida. Não sei porquê, mas sempre que a vejo e ouço falar, lembro-me do Partido.

P.S.: E quem não perceber a referência, é burro. Sim, hoje estou mau.

Este fim-de-semana formatei o disco. Tinha a mesma…

Este fim-de-semana formatei o disco. Tinha a mesma instalação do Windows XP há três anos, pelo que já começava a acusar os registos perdidos e afins.

Como seria de esperar, falta sempre fazer o backup a qualquer coisa, mesmo que tenhamos pensado em tudo. Há três anos foram os mp3, agora foram os emails. O pior ainda foi a minha lista de endereços, pois neste momento apenas sei os que decorei. Ainda assim, acho que consigo sobreviver.

Dos poucos dias em que chego às aulas a horas… e…

Dos poucos dias em que chego às aulas a horas… e não há aula. Furo de três horas até à próxima…