Aumento do IVA afasta Yahoo! de Portugal

The estimated reading time for this post is 15 seconds

Esta deve ser a notícia do dia na blogosfera portuguesa, mas tenho um feeling que não vai ter assim tanto eco nos media portugueses. Notícia menor? Não, apenas não dá jeito dizer mal do patrão…

Links:

4 thoughts on “Aumento do IVA afasta Yahoo! de Portugal”

  1. Gostava de preparar um comentário mais bem fundamentado a este post, mas efectivamente não tenho tido oportunidade.

    1 – Na minha opinião, em caso algum o Governo deve legislar tendo em conta casos específicos de empresas.Deve pensar na globalidade.

    2 – O Governo não anda a dormir. Será que a receita Yahoo seria superior à conseguida com os 2% em todo o território?

  2. 1- Claro que não deve legislar para casos especificos, mas a globalidade também inclui estes casos.

    2- Talvez não, mas neste caso nao interessa só a receita obtida. A vinda de uma empresa desta envergadura para território nacional poderia trazer outros proveitos, tais como a criação de outras empresas ligadas ao ramo (e não só) e consequentes serviços. Isto foi o que aconteceu com a instalaçao da Autoeuropa, portanto não é nada de novo.

  3. O motivo que levaria a Yahoo a se estabelecer aqui seria um mau motivo, a meu ver. Vinha na onda do paraíso fiscal, que é algo contra o qual todos os países devem lutar.

    Na realidade, o IVA é menor nas regiões autónomas para compensar as pessoas dos custos de insularidade, ou seja, o custo que os bens têm acrescidos por terem que ser transportados por mar ou ar.
    Eu não concordo nada que o IVA dos serviços seja a uma taxa esepecial.

    O que aconteceu na Autoeuropa não foi assim tão simples e não nasceu do nada. Na realidade havia já outras empresas ligadas ao ramo (e é certo que muitas ainda hoje subsistem graças à Autoeuropa) e ainda havia uma grande qualificação de trabalhadores na área, dado que havia na data a Renault, na peninsula de Setúbal.

    São por isso, situações diferentes. Portugal conseguiu “ganhar” a Autoeuropa por existir já um cluster e qualificações. A instalação da Yahoo era uma mera jogada fiscal. Não sei qual seria efectivamente o volume de trabalho produzido em Portugal.

Leave a Reply