Quando ouvi na TSF o anúncio do dia de luto nacion…

Quando ouvi na TSF o anúncio do dia de luto nacional pela morte de Álvaro Cunhal, lembrei-me de escrever aqui qualquer coisa. No entanto, Manuel Pinheiro adiantou-se e já o fez no Mão Invisível.

Outra coisa que me fez impressão, e não negando o cunho que deixou em Portugal, foi ouvir as pessoas que o tinham conhecido falar dele. Aquilo era mesmo o culto da personalidade! Afinal, não existe só na Coreia do Norte e em Cuba.