Direito de resposta II

The estimated reading time for this post is 68 seconds

Primeiro, não sou comediante , sou argumentista.

Óptimo, então devia ficar-se pela escrita e deixar a interpretação para os outros.

Segundo, se ler com atenção a minha reacção não tem nada a ver com a “figura pública”

Ah, então não gostou de que parte? Da parte da cara e/ou da dicção? Não sou obrigado a gostar de qualquer uma delas, ou sou?

terceiro, educação?!!!! Não me fodas!!!

Nem pretendo! Não faz muito o meu estilo… Mas sobre a educação, parece-me que há alguém com falta dela.

quarto,tenho 40 anos e sempre achei que estas coisas resolvem-se cara à cara. Como diria o Figo – Onde quiseres, quando quiseres…eu acrescento de preferência ainda hoje. De resto não queria perder mais tempo contigo.

Eu tenho 24. Com 40 anos já seria de esperar um pouco de juizo, não? Quer resolver cara a cara o quê? Com muito gosto lhe exporia o meu ponto de vista e porque não deve ser você a interpretar os textos que escreve. Se pretender um confronto mais físico, também lá estarei, desde que seja em Lisboa. Se não lhe causar incómodo, pode ser amanhã (hoje é Domingo, e não apetece muito sair de casa), a partir das 21h, em qualquer lugar de Lisboa.

Leave a Reply