O post debaixo deste é um excelente exemplo do que…

O post debaixo deste é um excelente exemplo do que alguém levemente alcoolizado pode escrever. É que ainda por cima, ao reler aquilo, nem tenho bem a certeza se era mesmo o que queria dizer.

Respondendo aos comentários:

Nuno: isso então é mesmo muito mau!

Mafalda: infelizmente, esta situação parece ser um lugar comum…

Sobre outro assunto:

isto parece uma antítese, mas este blog tornou-se conhecido demais. Está em produção outro, mais simples e anónimo, para não familia. Quem quiser o novo endereço basta perguntar, mas aviso já que só será dado a pessoas que não façam directamente parte da familia. Mesmo assim, este blog (aquele que está a ler agora) vai continuar a ser o principal, ou seja, sobre tudo e nada.

É lixado quando a nossa melhor amiga é, provavelme…

É lixado quando a nossa melhor amiga é, provavelmente, a melhor pessoa com quem possas passar o resto da tua vida…

É oficial! “The Hitchhiker’s Guide To The Galaxy” …

É oficial! “The Hitchhiker’s Guide To The Galaxy” está em pré-produção! Agora só falta a tradução para português…

Ontem, depois de ter ido ao cinema com a Ana Rita …

Ontem, depois de ter ido ao cinema com a Ana Rita e a Mariana ver o “Out of time – Tempo limite” (adoro estas traduções), fui visitar o Tiago, que está, de momento, sozinho em casa. Como é óbvio, a conversa foi parar a esse grande mistério da humanidade, a Mulher. A grande conclusão a que chegamos, é que é possivel fazer uma analogia entre as mulheres e o futebol, conseguindo juntar dois assuntos tão opostos.

Assumimos que as mulheres são como os clubes de futebol, e que há aquelas que jogam na Liga dos Campeões, na Taça UEFA e assim por diante até às divisões regionais. Como é óbvio, quanto mais alta a divisão, melhor é a mulher, tendo como exemplos* a Angelina Jolie que joga na Liga dos Campeões e a Odete Santos na 2ª regional B ou mesmo local. Tenho a sorte de ter algumas boas amigas boas, que jogam na 1ª Liga portuguesa, com idas esporádicas à Taça UEFA, e outras boas amigas da Divisão de Honra. Tenho ainda aquelas amigas das regionais e as conhecidas das locais.

Indo mais à frente com o exemplo, posso até ver as semelhanças entre cada “tipo” de mulher e os clubes portugueses. Por exemplo:

Benfica – são aquelas mulheres que têm uma grande fama de serem… atraentes… mas que no fundo são apenas produção, estando velhas e gastas.

Sporting – houve uma altura em que eram como o Benfica, mas veio a nova geração, e agora até se vão safando. Têm a vantagem de ter ainda uma boa fama conquistada à custa da geração anterior e fazem o máximo para estar à altura, seja de produção ou mesmo upgrades. Infelizmente, estas tentativas podem sair-lhe pela culatra, fazendo-as descer de lugar na tabela, e em caso extremo, de divisão.

Porto – são as filhas do povo que, tendo absorvido toda a cultura televisiva e da Maria pós-25 de Abril, aprenderam a aproveitar o que têm. Ninguém gosta muito delas, chamando-lhes nomes menos próprios, mas a verdade é que ninguém fica indiferente quando passam.

*exemplos totalmente arbitrários.

Referências Nunca fiz isto, mas cá vai, em nenh…

Referências

Nunca fiz isto, mas cá vai, em nenhuma ordem em especial:

Gato Fedorento, pelo melhor humor que se faz em Portugal neste momento.

Shall I tell you a dream, porque é uma das miúdas mais novas e inteligentes que (mal) conheço.

No quinto dos impérios, pelas ideias e comentários que muitas vezes partilho.

Sex in Lisbon, pela webnovela que me proporciona.

O Ultimo Cigarro da Noite, porque foi umas das poucas mulheres que me fez sentir um homem, mesmo sem nunca haver nada entre nós.

Boa noite!

Eu até acredito que haja pessoas a ler este blogue…

Eu até acredito que haja pessoas a ler este blogue, mas porque é que ninguém comenta? Se calhar todos concordam comigo ou não têm nada a dizer sobre outras situações. São, no fundo, uns conformistas?