Desta vez, com a desculpa do jantar de curso, o Ph…

Desta vez, com a desculpa do jantar de curso, o Philip mandou este e-mail para a mailing list do pessoal:

acho que o jantar nao devia ser numa tasca manhosa para podermos falar a vontade, mandar caralhadas e beber que nem umas gazelas num charco do botswana… mas é só uma ideia!

O ano passado foi uma merda pq depois de comermos a musica ficou bue alta e tiveram de tirar a mesa, foi um granda broche!!! Tenho tb de expressar a minha dor d’alma por nao ter ido a referido jantar certa pessoa que eu estimo muito e essa pessoa sabe que a tenho em alta conta.

Sim, és tu, MIGUEL GUERRA alma carinhosa e bondosa, senhor sem fim, bom samaritano de todo o universo e arredores… aparece velho compadre!

E com estes versos que me inundavam a alma, louca por nao se poder exprimir sem preconceito, me despeço de todos voz(s) n sei se é com “s” ou “z”.

BOA NOITE E BONS SONHOS

um forte abraço do vosso companheiro e camarada

PHILIP

Acho que ele se enganou na primeira frase, onde o “não” está a mais. O Miguel Guerra é um jovem adulto, adorado por alguns, odiado por muitos, que alguns de nós escolheram como ódio de estimação. Mas o gajo é mesmo otário.