Hoje decidi ir tomar café com uns amigos. 22h, tel…

Hoje decidi ir tomar café com uns amigos. 22h, telefono, tudo bem, uns podem, outros não, é o costume… E então, o Tiago diz-me que vai sair com os colegas do Erasmus. Bem, quando algo envolve estrangeiros (leia-se “bifas“), eu fico logo interessado!

Lá vou eu buscar o Hugo e viramos para o Bairro Alto. Voltas e voltas com o carro para acabar por estacioná-lo no Cais do Sodré. Subida a pé até ao ponto de encontro, e lá estão eles. Olá para aqui, olá para lá, fiquei a conhecer uma checa chamada Barbora (lê-se Barbara, pelo que percebi), um espanhol chamado Carlos e um casal de italianos cujos nomes nao interessam. Parece que descobriram uma livraria minúscula que faz 1 ano, e há festa! Imperial e aperitivos grátis para toda a gente! Ficamos a falar um bocado; tudo gente impecável: a Barbora é porreirissima e o Carlos está a tirar medicina à 9 anos. Falamos de tudo um pouco e já são horas de voltar para casa.

Para variar, armo-me em autocarro e lá vou levar a Barbora, o Tiago e o Hugo a casa. Voltas em Lisboa para encontrar a casa da miúda, e seguintes sem problemas.

E é assim que se transforma um normal café entre amigos numa saída barata onde se conhece gente de toda a Europa!